segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Weekend movie: The Beaver


A história de um homem que sofre de depressão. Não fala, não come, não trabalha, apenas dorme. Ao ponto em que, a família não consegue suportar mais. Até que  encontra num caixote do lixo um fantoche - O Castor, e começa a exprimir-se através dele. E recomeça a viver... à partida pode parecer engraçado, que um adulto se exprima através de um boneco, mas este filme não é uma comédia.
Mas é um filme, que vale a pena ver; realizado e interpretado por Jodie Foster, com Mel Gibson no protagonista. Este filme leva-nos a refletir e a sensibilizar sobre esta doença que é a depressão. Quem não conhece quem teve, tem ou terá uma depressão?

11 comentários:

Daisy disse...

Fiquei muito interessada nesse filme, ele vai estrear nos cinemas ou já é antigo? ;)
Beijos

Rita Super-Mulher disse...

Parece ser super interessante :D

estrela disse...

é verdade acho que toda a gente já passou por isso!
vou ver se encontro no clube de video pq ainda não o vi lá!

Vânia disse...

eu vi esse filme durante as férias e tocou-me muito, adorei a história e a interpretação do Mel Gibson está brilhante. A depressão é uma doença bastante grave e muitas vezes desvalorizada pelas pessoas. É um grande filme.

Lisbo@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lisbo@ disse...

@Daisy: é um filme que, em Portugal estreou em Junho.

Há um amor que nunca morre disse...

Nunca tinha ouvido falar no filme, mas vou vê-lo com certeza! :)

Cris disse...

Ei, parece mesmo interessante o filme, vou tirá-lo já, agora! :D

Soraia disse...

Eu comecei a ver a semana passada mas não acabei. Não me interessou.

Luísa disse...

Olá :)
Eu gosto muito desse género de filmes, filmes que nos fazem pensar, analisar... filmes que nos ensinam algo. Vou apontar na minha lista de filmes a ver ;)
Beijinhos.

farmaspouco disse...

É um filme que nos faz pensar, sem dúvida!

Felizmente, a maior parte dos casos de pessoas com depressão não são assim tão graves, nem chegam a este ponto!..A maior parte deles manifesta-se por cansaço, perturbações do sono e até dores físicas.

Portugal está numa espiral ascendente no que toca a esta doença, estimando-se que 1 em cada 5 portugueses seja afectado por ela.

Este tipo de filmes que abordam esta temática são importantes para que as pessoas percebam que não estão sozinhas, uma vez que há um enorme preconceito e estigma social relacionado com a mesma!..

Com a venda de antidepressivos a aumentar exponencialmente, só tenho a felicitar e agradecer pelo post!

Beijinhos